Relacionamento Abusivo: Saiba Como Identificar e Se Livrar Dele!

Um relacionamento abusivo é algo complicado e difícil de se identificar as vezes. Diferente do abuso físico, onde ficam visíveis as marcas. O relacionamento abusivo é muitas vezes silencioso e muito prejudicial.

Pensando nisso, separei alguns sinais claros para você descobrir se está em um relacionamento abusivo ou não.

14 Sinais que você está em um relacionamento abusivo

Confira abaixo os sinais comprovados de um relacionamento abusivo:

1. Controle

Seu parceiro praticamente faz parte de todos os aspectos da sua vida. Ou seja, você não tem liberdade para fazer as suas próprias escolhas. Mesmo pequenos comentários como, “eu não quero que você saia com essa roupa” são uma forma de controle.

2. Tom de voz

É normal que o parceiro levante o tom da voz algumas vezes. Mas não é nada normal quando qualquer desentendimento se transforma em uma gritaria. Em outras palavras, gritar não torna apenas um diálogo quase impossível, mas também gera um ambiente desequilibrado.

3. Desprezo

Quando o seu parceiro sente desprezo por você, fica difícil se expressar. Em um relacionamento saudável o mínimo que se espera é o companheiro ouvir e respeitar (mesmo que ele não consiga te dar o que você precisa).

Por isso, se o seu parceiro responde as suas necessidades de forma arrogante ou com desprezo. Esse é um sinal claro que você está em um relacionamento tóxico.

4. Você fica na defensiva

Quando você sempre sente que precisa estar na defensiva, há menos chances para uma comunicação saudável. Portanto, para um relacionamento ser ideal é crucial que os dois lados consigam conversar para resolver todos os problemas.

Esse modo defensivo, pode dar a sensação de que você está em uma batalha constante com o seu parceiro, o que não é nada saudável para a relação.

5. Ameaças constantes

Se o seu parceiro te ameaça o tempo todo, esse é um sinal de alerta. Ameaças do tipo, “se você, então…” sempre vem acompanhadas de chantagem, agressão física ou outros aspectos para te intimidar. Parece familiar para você?

6. Falta de comunicação

Se o seu parceiro evita qualquer tipo de comunicação com você, esse é um sinal de alerta. Ao recusar qualquer tipo de dialogo, significa que ele não se importa com o relacionamento nem com você.

7. Ele faz você se sentir culpada

Muitas vezes, as vitimas são levadas a acreditar que são culpadas por tudo, fazendo-as acreditar que merecem tudo aquilo que estão passando. Ou seja, isso gera um ciclo muito difícil de ser quebrado, pois a vitima sente vergonha de denunciar por receio dos comentários.

8. Isolamento

Um relacionamento abusivo afeta todas as áreas da vida de uma pessoa. Uma das áreas que mais sofrem com esse tipo de relacionamento, são a da família e amigos.

Os parceiros abusadores convencem a vítima de que ninguém se importa com ela, fazendo com que a pessoa sinta em uma prisão, longe do seu circulo social.

9. Ciúme excessivo

Com a desculpa de “amar demais” o ciúme deixa de ser algo normal e se torna a razão para controlar a vítima. É normal que uma pessoa sinta medo de perder alguém que ama, mas não quando isso vira motivo para controlar totalmente a vida do outro.

10. Controle total financeiro

Outro sinal comum é quando o seu parceiro tem todo o controle financeiro do casal. Quando você precisa pedir dinheiro para tudo, existe a chance que ele negue, com isso ele decide o que você pode ou não pode fazer.

11. Ele destrói as suas coisas

Quando um relacionamento abusivo está em um estado avançado. O parceiro pode começar a esconder ou quebrar os seus pertences como uma forma radical de te controlar. É comum casos onde o homem esconde os documentos e até mesmo rasga as roupas da vítima.

12. Ele usa os filhos como chantagem

Quando o casal tem filhos, a situação fica mais complicada. Um abusador vê nos filhos uma oportunidade de controle. Ou seja, entre conseguir aquilo o que quer e o bem estar das crianças, pode ter certeza que ele vai escolher a primeira opção.

13. Desequilíbrio emocional

Se o seu relacionamento é sempre abalado por mudanças de humor, fique atenta. Muitas pessoas, inclusive nós temos altos e baixos durante a vida, mas o problema é quando essas emoções prejudicam o nosso parceiro.

Geralmente após uma explosão de raiva, o abusador muda o seu humor para tentar “amenizar” os danos que causou e poder ficar com raiva novamente pouco depois.

14. Agressão física

Esse tipo de violência, assim como a emocional, ela também é gradual. Começa com pequenos empurrões ou beliscões, e tudo isso vai sendo mais presente com o tempo. Em casos mais extremos, essa violência chega até na morte da vítima.

Reflexões finais

como identificar um relacionamento abusivo

O seu parceiro é abusivo?

Antes de tudo precisamos levar em conta que discussões são normais em qualquer relação. Mas, o diferencial é que em um relacionamento saudável, uma discussão é vista como uma oportunidade de crescimento do casal.

Mesmo que seja difícil diferenciar, querendo ou não os jogos mentais são mais comuns em relacionamentos abusivos. Nesse tipo de relação é normal de uma hora para a outra o parceiro mudar de um humor agressivo para um agradável.

Mesmo assim, no fundo você sabe que não pode confiar nisso, porque logo ele voltará a te humilhar e maltratar. Ou seja, é como se você estivesse vivendo em uma montanha-russa todos os dias.

Alguns homens conseguem mudar esse comportamento, mas isso só acontece quando se procura um terapeuta de casal. No entanto, mesmo assim, muitos desses relacionamento são totalmente prejudiciais.

Qual é o momento certo para sair de um relacionamento abusivo?

Se você não sabe a hora certa de sair, comece a comparar o seu relacionamento atual com o que deseja no futuro. Portanto, faça para si mesma as mesmas perguntas que você faria para uma amiga.

Observe o relacionamento de pessoas próximas e encontre aquele que seria o ideal para você. Ou seja, parte da sua decisão vai ser encontrar tudo aquilo que você merece, mas que seu parceiro não proporciona.

O seu relacionamento deve fazer você se sentir segura, confortável e conectada!

Leia também:

Eai amiga as dicas te ajudaram? Deixe a sua opinião nos comentários. Vamos conversar!

Sobre o Autor

Daniela
Daniela

Olá, sou Daniela Santos tenho 28 anos. Atualmente sou blogueira, escritora e empresária. Ajudar as pessoas é algo que me deixa imensamente feliz e gratificada. Sempre fui a conselheira amorosa entre as minhas amigas. Por esse motivo, decidi criar esse blog para ajudar cada vez mais mulheres a serem felizes nos seus relacionamentos.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 − seis =